Princípios da Prática Seongue
wonder seongue.jpg

   A Prática Seongue usa o método da prática em grupo. A prática em grupo compartilha as informações sobre o estudo de cada um e gera o efeito sinergia (efeito multiplicador). Por isso, a quantidade dos esforços diminui muito para menos de um por cento. A prática em grupo reforça a energia em dobro, transmitindo a energia dos colegas uns aos outros. Apoiar outros colegas para fortalecerem suas energias certamente volta a você e fortalece sua própria energia. Essa corrente traz um efeito enorme no grupo e cria um grande campo da energia que envolve a todos. Isso fornece um apoio forte na prática e redobra a força motriz.

 

  Os Quatro Meios da Prática Seongue

 

  1. Respiração (25%)

    Precisamos fazer com consciência concentrada, usando as boas energias do Céu e do Universo.

 

   2. Palavras de Seongue (25%)

    As palavras de Seongue que carregam a energia e ondas de Seongue, são as palavras de Deus.

 

   3. Prática (25%)

    Enquanto você não colocar todo seu conhecimento em prática, ele não se tornará seu. Somente se você colocá-lo em ação com todo o corpo, não apenas com sua cabeça ou boca, se tornará realmente seu. Não é que deve por em prática o que você deseja; deve por em prática o que o Céu, que criou e mandou você aqui na Terra, queria para você. O que você deseja não é muito importante, mas sim isso é realmente importante.

 

   4. Fé (25%)

    Os restantes 25% são a fé. A fé de quem acredita no fato de que o proprietário do mundo, de todas as criaturas não é você nem os outros; que existe um ser que deu a vida para você e às outras criatura; que o Céu administra sua vida e Deus administra o Céu e o Universo. A fé de quem acredita no fato de que Ele deu uma missão para você, e queria alguma coisa para você; isto é a evolução de você mesmo, a de seus semelhantes, e a do Universo. A fé de quem conhece e acredita nisso. Esta parte da mente é 25%. Em resumo, a respiração, as palavras de Seongue, a prática e a fé são as quatro rodas da prática Seongue; não pode faltar nem mesmo um dos quatro.

 

    Como a Prática Seongue é diferente de outras práticas?

 

    1. A meta é a iluminação.

 

   A Prática Seongue é o caminho para a iluminação, e como consequência, você poderá conhecer a si mesmo e todas as coisas no Universo. Usando a energia e o Danjeon, ela nos permite abaixar as ondas mentais e estar ligados com a energia do Universo através das ondas abaixadas. Isto permite nos aproximarmos da natureza original.

   Na jornada longa para encontrar o verdadeiro eu, você irá abaixar si próprio incessantemente e aprender a humildade, e terá o modo de pensar horizontal ao tratar todas as coisas. Se você souber que todas as criaturas no Universo são iguais, terá uma maior reverência e veneração pelo Universo.

   A iluminação é uma correta percepção sobre o Universo. Com base nessa percepção, seu curso para seguir é decidido. O dever do ser humano é atingir a iluminação através da prática espiritual.

 

    2. Cultiva e fortalece sua própria energia, e através da energia fortalecida, poderá resolver todo seu carma.

 

    O básico desta prática é cultivar e acumular a energia no Danjeon através da respiração, e abaixar as ondas mentais.

 

    3. Esvazia o corpo e a mente.

 

   O corpo é o fundamento para afiar e polir a mente. Esta prática cultiva e purifica o corpo e a mente ao mesmo tempo e torna ambos leves. A essência da Prática Seongue é “esvaziamento”. É um estudo de esvaziar a ganância e desejos, o ego. Também, é um estudo de “perder”; busca perder e conceder em conflitos com os outros, enquanto sempre vence na luta com si mesmo.

 

    4. Usa a energia do Céu e a do Universo.

 

   Outras escolas de práticas da energia geralmente usam a energia da Terra, mas esta prática usa principalmente a energia do Céu e a do Universo. Essas energias podem ser recebidas apenas pelas antenas e linhas universais, porque a frequência delas (abaixo de 0,1) é muito diferente da frequência da Terra (7,5).