Sobre a prática espiritual

currículo (2).jpg

    A prática espiritual é centrar-se, encontrar o centro de si mesmo.

 

Por que fazemos a respiração Danjeon?  O Danjeon é a posição que nos centra e encontra o centro. Como podemos nos centrar?  Devemos continuar a respirar pelo Danjeon, pensar por ele e agir por ele. Isso significa sentir, ver e pensar por ele; você precisa fazer as coisas em meio a respirar pelo Danjeon.

 

    É um processo de buscar o verdadeiro eu.

 

Este processo se instruiu através de todas as coisas no mundo. Não há nada trivial. É necessário ter uma mente que deseja ler a vontade do Céu e procurar o verdadeiro eu.

 

    É observar a si mesmo e mudar a base fundamental do eu, que é a sua mente.

 

A mudança desse fundamento é realizada por fazer o estudo da mente com sinceridade. Os seres humanos geralmente não conhecem a si mesmos, portanto, a prática começa com a verificação de si mesmo. E depois de conhecerem seu próprio eu, fazem a prática de se libertarem de si mesmos. Libertar-se de si mesmo é soltar-se pela mente. A prática não é algo fácil, e o que é dado como recompensa por isso é o conhecimento sobre si mesmo e o Universo, desviar-se do caminho predestinado e tornar-se um com o Universo.

 

    O propósito da prática espiritual é a iluminação.

 

A iluminação é sobre a posição do verdadeiro eu e sobre os princípios do Universo inteiro. Este iluminação lhe permite conhecer todas as criaturas e coisas no mundo e as compreender, não importa em que posição você esteja.

 A iluminação é conhecer nascimento-envelhecimento-doenças-morte, o ser humano, natureza e o mundo invisível.

 Primeiro, atingir a iluminação significa que você conhece nascimento-envelhecimento-doenças-morte; o que são as quatro coisas, por que elas acontecem, de onde nós viemos e para onde estamos indo. Também conhece você mesmo, seu verdadeiro eu.

 Segundo, você conhece o ser humano e a natureza.

Você conhecerá o que é o ser humano; de onde o ser humano veio e para onde está indo. Também conhecerá o fato de que os minerais, plantas e animais também têm a mesma vida que você. Eles também não nasceram espontaneamente, mas foram criados e receberam a vida. Portanto saberá que deve valorizar qualquer vida e respeitá-la.

 Terceiro, você conhece o mundo invisível incluindo os seres invisíveis e Deus.

 

    Essências da prática espiritual

 

 Há varias essências da prática espiritual e algumas delas são :

 

    a mente correta:

Pode ser encontrada pela incessante auto-descoberta. Ela é localizada no fundo da mente em silêncio e, se você lavar toda impureza, se revelará naturalmente. Chegar a ela pode ser a própria iluminação.

 

    a evolução de desequilíbrio a equilíbrio:

Desequilíbrio é o problema que todas as criaturas no Universo têm, e equilíbrio é a meta que elas desejam mais. O equilíbrio se refere ao equilíbrio entre yin e yang, e o entre os cinco elementos. O equilíbrio interior do ser humano é baseado no equilíbrio física, e gradualmente vai realizando o equilíbrio da mente. Através da realização desse equilíbrio, podemos conquistar o estado profundo da estabilidade, que se torna uma condição por receber as ondas de Seongue. As ondas do Universo são as de equilíbrio, não sendo tendenciosas.

 

    mudar a mente:

Se conseguir mudar sua mente, poderá mudar outras coisas facilmente.

 

    não se apressar:

O ser humano incessantemente está com pressa porque tem muitos desejos. A primeira mente de meditadores é não se apressar. Não se apressar sozinho irá encher muitas partes de si próprio.

    

    A importância da linha de energia

 

A coisa mais importante na prática espiritual é a linha de energia. Dependendo de onde a energia vem e o que é o propósito da prática, o resultado final varia. A linha de energia da Prática Seongue está conectada com Seongue, o ápice do Universo e a décima dimensão. Essa linha de energia flui de Deus, por isso, a Prática Seongue usa o Palmunwon, que simboliza Deus. Quando se trata da linha de energia, ela não pode se misturar com outras linhas.

 

    Grande prática

 

Uma prática espiritual verdadeiramente grande não exige um tempo e lugar específicos, e todos se tornam puros por si só, enquanto não há distinção entre o universo e o próprio eu, e entre energia má e energia pura. A grande prática é quando até energia má se torna pura, não que você expele energia má e aceita apenas energia pura. Mudar tudo para ser puro, isso é a grande prática. Quando sua mente for esvaziada, atingindo não-mente, você poderá fazer essa prática.

 

    A mente na hora da meditação

 

Quando praticarmos a meditação, devemos ter esta mente :

“Muito obrigada por me permitir fazer essa prática espiritual.”

“Permita tudo de mim evoluir; minha mente e corpo, e espírito.”

“Me desculpe por emitir a energia negativa e incomodar outros colegas.”

Como nossos Seonins Orientadores vêm para nos guiarem, precisamos ter esta mente : “Nos desculpem por fazer os Seonins virem a este humilde lugar.”

 

    A vida diária e a prática espiritual

 

Precisamos ter em mente que estamos fazendo a prática espiritual todo o tempo. Também precisamos fazer esforços para mantermos uma ótima condição física na hora da prática. Para fazer a meditação de madrugada, por exemplo, você precisa ir para cama mais cedo e dormir bem. Também, é bom não fazer a refeição pelo menos uma hora antes da meditação. E é desejável ajustar a quantidade de refeição para não atrapalhar sua meditação.